Brasil liderou valorização de imóveis do mundo durante 5 anos consecutivos

Nos últimos cinco anos, nenhum lugar do mundo viveu valorização imobiliária tão grande como no Brasil. O preço médio dos imóveis brasileiros subiu 121,6% no período pós-crise de 2008. Atualmente com a economia em desaceleração, o Brasil cai para o décimo lugar em valorização no acumulado em dois anos e está em um modesto 22.º lugar no último semestre de 2013.

Em 2008, o mundo presenciou a maior crise econômica em décadas e o setor imobiliário dos Estados Unidos estava na raiz do problema. O diagnóstico fez com que medidas coordenadas fossem tomadas ao redor do mundo. Foi neste momento que a valorização do mercado imobiliário brasileiro superou mercados aquecidos, como o de Hong Kong.

A forte alta no Brasil ocorreu especialmente entre 2008 e o início de 2011, quando a valorização anual dos imóveis permaneceu sistematicamente acima de 20%. Nos trimestres seguintes, o ritmo desacelerou para perto de 15% e a subida reduziu ainda mais o passo para o patamar dos 9% no ano passado. Nos últimos 12 meses, a alta de preços no Brasil foi de 7,1%, o 16.º maior resultado da pesquisa do BIS. Em seis meses, a valorização foi de 4,6%, a 22.ª maior alta do mundo.

Atualmente o mercado imobiliário brasileiro passa por um período de adaptação com o menor crescimento da economia, sendo esta necessária para elevar a sustentabilidade do setor.

Custos no mercado imobiliário do Brasil geram temores de uma bolha imobiliária

bolha imobiliáriaUma série de economistas tem alertado sobre uma bolha imobiliária no Brasil que pode influenciar a economia da América Latina. Desde 2008 os preços dos imóveis triplicaram. Em cidade como Rio de Janeiro e São Paulo subiram até 243%, isso sem que houvesse uma mudança significativa que justifique os aumentos.
Segundo o Fipe-Zap – índice de habitação do Brasil – os preços subiram mais rápido que durante a bolha imobiliária dos Estados Unidos. Poucos acreditam que as consequências sejam as mesmas que nos EUA onde os preços reais das casas subiram muito antes de cair 40%.
No Brasil há muitas para os imóveis terem supervalorizado. Na última década houve um surto de crescimento impulsionando salários e o produto interno bruto nominal per capita subiu aproximadamente 50% desde 2008. Os juros com baixas taxas e a maior concorrência no setor bancário estimularam os empréstimos, permitindo a hipoteca.
Segundo o Banco Central, até o final de 2013 o financiamento imobiliário total havia aumentado para R$395bn, o que equivale a 8,2% do PIB, acima dos 6,8% em 2012. O governo está pressionado os bancos estatais para manter os empréstimos com taxas baixas para estimular a economia.
Para especialistas mais otimistas, o risco de uma bolha generalizada é baixo uma vez que a natureza do sistema bancário no Brasil é conservadora, há elasticidade. Os preços já começaram a estagnar em algumas regiões, é possível que haja bolhas localizadas, especialmente em imóveis comerciais.

Preços de imóveis ficarão estáveis em 2014, diz Secovi-SP

Segundo Claudio Bernardes, o presidente do sindicato das empresas do ramo de habilitação de São Paulo, o mercado imobiliário não deve crescer muito ao longo de 1014.  Mesmo com o crescimento nas vendas de imóveis residenciais novos em 2013, acredita-se que 2014 haverá uma estabilização no mercado imobiliário.

Para ele, o mercado tenha muito espaço pra crescer, e se crescer, vai crescer pouco. Os preços também devem ficar estáveis durante 2014. Grandes eventos como Copa do Mundo e eleições desviam a atenção das pessoas da compra de imóveis.

O fator que vem pesando positivamente é o baixo desemprego baixo. Segundo o presidente Claudio Bernardes, o crescimento da população economicamente ativa, a mudança nos arranjos familiares, com mais jovens saindo de casa e mais pessoas morando sozinhas, o aumento da renda, o baixo nível de desemprego e o baixo custo do crédito imobiliário impulsiona as vendas.

Porto Alegre teve sua menor taxa de desemprego

Segundo a Pesquisa de Emprego e Desemprego da Fundação de Economia e Estatística, divulgada dia vinte e nove de janeiro de 2014, a taxa de desemprego na região metropolitana de Porto Alegre bateu recorde chegando a seu valor mais baixo da história. A pesquisa mostrou que 6,4% dos porto-alegrenses estavam desempregados no final de 2013, apontando uma queda em relação ao ano de 2012 onde a taxa era de 7%. O número de desempregado é de 122 mil pessoas, aproximadamente 11 mil menos que em 2012.

As taxa de desemprego recuaram também no Brasil, conforme aponta o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Entretanto, a criação de vagas no país é a pior dos últimos dez anos. O crescimento no número de ocupados está nas seguintes áreas: no comércio (2,6%) e em serviços (0,7%), na construção (-4,1%) e na indústria de transformação (-1,6%). O total de trabalhadores com carteira assinada também sofreu significativo aumento, de 2,9%.

Empregados sem carteira assinada tiveram seu número reduzido em 10%. Diminuíram também os empregados domésticos (-5,3%). Entre os assalariados, os rendimentos totais cresceram 3,4%. O salário médio real passou de R$ 1.692, em 2012, para R$ 1.743 no ano posterior.

Preço dos imóveis em Porto Alegre no ano de 2013 sobe 14%

O valor dos imóveis em Porto Alegre avançou 14% em 2013, e os preços devem continuar avançando em 2014, projetam segundo especialistas e profissionais do setor.

Uma pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômica mostrou que o aumento na capital gaúcha tenha sido um pouco maior do que a média de 13,7% nas 16 cidades pesquisadas, o custo médio do metro quadrado de uma residência em Porto Alegre, de R$ 4.843, está abaixo do nacional, de R$ 7.303.

O ritmo do mercado imobiliário no país está ligado diretamente aos dados de emprego e renda, que mostraram melhora na vida dos brasileiros com crescimento de salário. Na capital gaúcha o salto maior do preço dos imóveis seria impulsionado pelos baixos índices de desemprego na Grande Porto Alegre.

Segundo o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado (Sinduscon/RS), Ricardo Sessecolo, o mercado de imóveis novos deve se manter aquecido em 2014. O motivo seria a menor oferta de casas e apartamentos para comprar e o preço de imóveis novos deve subir em ritmo diferente conforme a região da cidade.

Os bairros que terão alta mais expressiva Petrópolis, Bela Vistam e Higienópolis, há poucos terrenos disponíveis e houve reajustes. Bairros mais afastados do centro da cidade terão preços mais acessíveis.

5 dicas para vender seu imóvel

Se você tem um imóvel próprio e deseja vendê-lo, certamente deseja conseguir o melhor preço – especialmente quando este imóvel só está dando despesas. Para vendê-lo rapidamente é preciso ter iniciativa, exceto se você tem um imóvel com um grande diferencial, é preciso observar alguns cuidados para conseguir fazer uma venda bem sucedida.

  1. Mantenha a documentação em dia – Um dos pontos mais importantes da vistoria feita pelos compradores é a documentação do imóvel. Por isso a importância de não ter dívidas atrasadas que possam atingir o imóvel e atrasar a venda. A documentação em dia já será um ponto a seu favor.
  2. Mantenha o imóvel apresentável para visitação – Especialistas recomendam que sejam feitos reparos no imóvel antes de abri-lo para a visitação. Pintar as paredes, consertar defeitos aparentes, tirar mofo e fazer uma readequação elétrica e hidráulica são algumas dessas medidas que podem tornar a venda mais rápida e valoriza o imóvel.
  3. Peça um valor justo, de acordo com a realidade – Na hora de dar valor a um imóvel é preciso ter concorrência. Pedir um valor muito acima dos preços dos imóveis do mesmo padrão não ajuda a conseguir comprador. A avaliação do imóvel para chegar ao preço justo pode ser feita por um profissional da área imobiliária, mas o proprietário deve pesquisar os preços dos imóveis à venda na mesma região.
  4. Respeite o prazo de entrega – o prazo de entrega costuma ser muito importante para o comprador de um imóvel. Não tenha um prazo longo demais para desocupar sua propriedade. Quanto mais cedo ela for entregue depois de fechada a compra, melhor.
  5. Contrate uma única imobiliária – É aconselhável contratar uma única imobiliária para cuidar do processo de venda de um imóvel, especialmente quando você tem pouco tempo disponível. De esta forma você evita receber ligações e fazer visitações com possíveis compradores. A imobiliária cuidará do contato com os interessados, das questões legais, da marcação e do acompanhamento das visitas, e da divulgação do seu produto. É preferível contratar uma boa imobiliária e não muitas. Assim facilita o trabalho da imobiliária e as visitações para compradores em potencial.

Confira algumas dicas para não cair no golpe do aluguel

cuidados ao alugar um apartamento em porto alegre 

  • Se você está interessado em algum imóvel para alugar, sempre procure a identificação do proprietário e a matrícula no registro de imóveis. Não há a necessidade de pagamento para o fornecimento desta informação.
  • Peça ao proprietário do apartamento que lhe é de interesse a matrícula do imóvel, bem como sua carteira de identidade. Este costuma ser um procedimento padrão. Sendo assim, caso haja algum estranhamento, já desconfie.
  • Informe-se no próprio prédio. Converse com o(a) síndico(a) e com moradores. Investigue.
  • Sempre, em qualquer negociação deste porte, exija um contrato reconhecido em cartório. É uma maneira simples e eficaz de oficializar a transação e de se proteger de eventuais golpes.
  • Desconfie se o proprietário apenas puder visitar o imóvel aos domingos. Em geral as imobiliárias não trabalham neste dia, deste modo os golpistas têm certeza que não se encontrarão com algum corretor ou outro interessado.

Em cinco anos Porto Alegre viu seus imóveis valorizarem 120%

crescimento imobiliário porto alegreAqueles que possuem ou adquiriram recentemente um imóvel em Porto Alegre devem estar contentes, e isso porque o valor do metro quadrado aumentou em 120% nos últimos cinco anos. A informação foi divulgada recentemente pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Rio Grande do Sul (Creci).

Os especialistas comentam que o bom momento segue em voga, e que ainda é possível adquirir um imóvel e beneficiar-se deste bom período que o mercado imobiliário porto alegrense está passando. Além disso, os juros mantêm-se atraentes aos investidores, o que só vem a incentivar ainda mais o processo de valorização dos imóveis.

Dentre os bairros que estão no topo da lista, a novidade talvez seja o bairro Menino Deus. Este bairro entrou na lista das localidades mais procurados da cidade desde o anúncio da Copa do Mundo no Brasil, uma vez que o Estádio Beira-Rio, que receberá os jogos da Copa em Porto Alegre, está em suas imediações.

Os cinco primeiros bairros com imóveis mais valorizados da cidade são Moinhos de Vento, Bela Vista, Menino Deus, Rio Branco e Mont’Serrat. A média de quanto vale o metro quadrado nesses bairros varia entre R$ 5 mil e R$ 6,5 mil.

Apartamentos para alugar em Porto Alegre

apartamentos para alugar em porto alegrePorto Alegre é uma das cidades mais agradáveis do Brasil para se morar e viver, com suas ruas arborizadas, com seu charme de cidade pequena em uma capital e com sua população acolhedora. Entretanto, encontrar um bom apartamento para alugar em Porto Alegre nem sempre é fácil, assim como em qualquer outra cidade. E isso principalmente porque encontrar um bom local para morar é uma decisão que deve ser tomada com calma, uma vez que a maioria dos contratos possui duração de no mínimo um ano, além de que será o local em que estarão nossas coisas, nosso lar.

Para alugar apartamentos em Porto Alegre é necessário pesquisar bem a respeito dos bairros. Isso porque o ideal é que aliemos nossos gostos e nossas necessidades à vizinhança. Por exemplo, se o desejo é estar perto da natureza, o ideal é encontrar um ap para alugar que fique mais próximo a áreas verdes e mesmo próximo ao Lago Guaíba. Se o que se deseja é mais praticidade em relação à mobilidade urbana de transporte coletivo, uma boa dica é alugar um imóvel que fique na região central e nos bairros próximos.

De qualquer maneira, encontrar um apartamento em Porto Alegre para alugar pode ser uma boa maneira de conhecer um pouco mais sobre a cidade e sobre seus moradores. E no fim, não importa tanto em que bairro você pretende alugar seu AP, pois a experiência que você terá vivendo em Porto Alegre com certeza será recompensadora.

Veja agora a maior seleção de Apartamentos para alugar em Porto Alegre: www.bancaimobiliaria.com.br

Lançamentos imobiliários

Lançamentos ImobiliáriosÉ certo que encontrar um imóvel ideal para viver é uma das tarefas mais árduas que uma pessoa pode ter ao longo da vida. Mas se você está procurando seu primeiro imóvel ou mesmo pensando em se mudar, deve procurar com muita atenção e cuidado, já que são muitos os aspectos que devem receber atenção especial. Mas, seja como for, este é um dos melhores momentos para encontrar o imóvel dos seus sonhos.

Muitas construtoras estão investindo na construção de imóveis, e tudo isso ciente da demanda crescente dos últimos anos, bem como o aumento de pessoas de outros países que têm vindo morar no Brasil. Junto a essa perspectiva, deve-se acrescentar que, depois de uma grande alta, os preços de imóveis, tanto novos quanto usados, estão começando a regredir, o que faz do investimento imobiliário uma ótima opção para a circulação de capital.

Mas seja qual for seu motivo ou suas preferências, com certeza você deverá encontrar um imóvel que esteja mais afinado com suas escolhas, já que há lançamentos imobiliários de tudo quanto é tipo. Para quem deseja uma vida mais ecofriendly, uma boa opção é dar uma olhada nos lançamentos imobiliários de acordo com esta proposta, que redistribuem a água da chuva e utilizam materiais menos agressivos para a natureza, por exemplo. Ou mesmo aqueles que investem em uma infraestrutura que oferece dezenas de serviços ao morador, sem que este precise necessariamente sair da estrutura do condomínio. Procure um corretor ou sua imobiliária, e desvende o mundo dos lançamentos imobiliários.

Encontre Lançamentos Imobiliários em Porto Alegre: www.bancaimobiliaria.com.br